As forças secretas da Revolução

Publicado pela primeira vez em 1928, As forças secretas da Revolução teve grande repercussão no mundo, tendo sido editado em muitos países.

Embora o processo revolucionário tenha se desenvolvido formidavelmente após a década de 1920, os princípios elucidados neste livro permanecem imutáveis.

Léon de Poncins, grande especialista na análise da ação política das forças ocultas, é um autor fundamental nos estudos sobre a Revolução. A leitura desta obra clássica é, portanto, imprescindível ao estudioso sério.

Páginas: 240
Formato: 14X21CM
Editora: Castela

R$45,00

A Revolução

A presente obra é uma introdução aos moços católicos do seu tempo — do seu equívoco tempo — sobre a natureza, a escorregadia natureza da Revolução Francesa. Monsenhor de Ségur queria especialmente preveni-los contra aquele pacifismo reinante diante do erro. Queria mostrar, e realmente mostra de modo claro e explícito como a atrativa aparência de humanitarismo e solidariedade, que caracterizava os belos e veementes discursos da Revolução em prol da liberdade, são apenas uma máscara que esconde uma realidade muito diferente. Nem os belos princípios são verdadeiros nem as intenções são retas. Trata-se de uma vil demagogia que se propõe como instrumento para destruir a ordem verdadeira.

 

Páginas: 138
Formato 14 X 21 cm
Editora: Castela
ISBN: 978855489001

R$37,00 R$45,00

Dez Datas que Todo Católico Deveria Conhecer

Esta obra é essencial para quem deseja adquirir uma visão de conjunto da história da Igreja sem precisar recorrer a trabalhos eruditos sobre períodos específicios ou a coleção de numerosos e pesados volumes.
Após percorrer uma narrativa intensa, o leitor fechará este livro confiante de que não importa quão sombrios ou perigosos sejam os tempos, Deus nunca abandona seu povo.

R$35,00

Os Mártires de Gorcum

“De repente, sem outra forma de processo, o Conde dá ordem para enforcar imediatamente ‘esses malditos padres e monges’.

A João de Omal, executor da sentença de morte, recomenda ‘que nenhum escape’. E a ordem foi executada: um só olhar para o interior do celeiro nos mostra com quanta pontualidade.

Tal foi, contado nas suas grandes linhas, o último ato de um cruel, mas glorioso martírio. Devemos narrá-lo no seu conjunto e nas suas principais circunstâncias.

Esse martírio constitui um dos episódios mais característicos das convulsões religiosas com que, no século XVI, se realizou a apostasia de várias nações da Europa católica. No momento em que os reformadores acusavam a Igreja Romana de decadência, e de infidelidade às suas tradições seculares de santidade e de heroísmo, é um testemunho brilhante da sua vitalidade generosa e sobrenatural em todos os tempos”.

R$32,00

Breve história das heresias

Desde o surgimento do cristianismo esteve o dogma sujeito a distorções. Entre os motivos disso, podemos assinalar o orgulho e o espírito de autonomia dos heresiarcas.

A Igreja, com o auxílio dos santos e do poder secular, combateu esses erros e condenou-os em seus concílios ecumênicos, nos quais a ação do Espírito Santo manifestou-se em declarações infalíveis sobre a verdade da religião.

As heresias proporcionam o enriquecimento e a definição do dogma, daí a misteriosa e profunda asserção: oportet haereses esse: convém que haja heresias e hereges. Seu estudo, é fundamental ao cristão, pois para conhecer a Fé em toda sua pureza, faz-se necessário compreender o seu “lado avesso”, ou seja, a sua deturpação.

Formato 14 X 21 cm
Páginas: 160
Editora: Castela
ISBN: 9788564734111

R$32,00

Sete Mentiras Sobre a Igreja Católica

A Idade Média foi a “Idade das Trevas”? As Cruzadas são exemplos de fanatismo religioso e selvageria católica? A Inquisição matou milhares de vítimas inocentes? A Igreja Católica condenou e perseguiu o astrônomo Galileu Galilei? A principal causa da Reforma Protestante foi a corrupção do clero católico? A Conquista espanhola nas Américas foi brutal e desumana?

R$29,00