The Blog

Escritores que se converteram ao catolicismo

- 0 Comment. in Blog

Durante o século XIX e princípios do XX, muitos grandes escritores britânicos foram convertidos ao catolicismo, a maioria trocou o anglicanismo pelo catolicismo. Não obstante, houve casos de autores que adotaram muitas coisas do catolicismo sem deixar de ser anglicanos. Eles foram os famosos “anglo-católicos”.
Essas conversões foram motivados pela decadência interna que estava sofrendo a Igreja Anglicana, que não poderia dar respostas satisfatórias e transcendentais aos seus fiéis, e por outro lado, o intenso e incrível renascimento intelectual que foi dado dentro da Igreja Católica entre Vaticano I e Vaticano II. As obras dos grandes Papas foram cruciais para ganhar novos fiéis intelectuais.

Os novos católicos tinham um perfil em comum: eram intelectuais com idéias mais ou menos conservadoras e estavam desencantados com o rumo que estava tomando não só a Europa, mas todo o mundo.

Quem foram os escritores convertidos ao catolicismo?

G.K. Chesterton:

g-k-chesterton-catolicismo-conversion
G.K. Chesterton

Chesterton nasceu em Londres em 29 de maio de 1874, e morreu em Beaconsfield em 14 de junho de 1936. Escritor e filósofo brilhante, ele foi o padrinho do distributivismo e uma das mentes mais lúcidas do século XX.

 

Falamos dele neste artigo e neste.

 

 

 

Robert Hugh Benson:

Robert-Hugh-Benson-catolicismo-convertidos
Robert Hugh Benson

Nasceu em 18 de novembro de 1871 e morreu em 19 de outubro de 1914. Filho menor do Arcebispo de Canterbury. R.H. Benson foi um dos promotores do gênero literário distópico, sua maior obra é Senhor do Mundo (Lord of the World, 1907).

 

 

 

 

 

 

Cardeal Newman:

cardenal-newman-catolicismo-cardinal
John Henry Newman

Hoje santo da Igreja Católica, foi beatificado em 2010. Ele nasceu em Londres em 21 de fevereiro de 1801 sob o nome de John Henry Newman,  e morreu em Birmingham em 11 de agosto de 1890. Foi nomeado cardeal pelo Papa Leão XII, logo que se converteu ao catolicismo em 1845.

Além de escritor e teólogo, ele foi um dos fundadores do Movimento de Oxford, que aspirava a uma restauração dos valores católicos na Igreja da Inglaterra.

 

 

 

 

 

J.R.R. Tolkien:

jrrr-tolkien-senhor-dos-aneis-catolicismo
J.R.R. Tolkien

Não pode faltar o escritor católico do século XX por antonomásia: J.R.R. Tolkien. Ele nasceu em Bloemfontein, Africa do Sul, sob mandato britânico , em 3 de janeiro de 1892 e morreu em Bournemouth, Inglaterra, em 2 de setembro de 1973. Escritor de maravilhosos livros de fantasia como O Senhor dos AnéisO Hobbit (1936) e o póstumo O Silmarillion (1977).

 

Dele falamos em outros artigos, sobre seus livros e sobre seu círculo de amigos: os inklings.

 

 

 

 

Ronald Knox:

Ronald-Knox-catolicismo
Ronald Knox

Nasceu em 17 de fevereiro de 1888 em Leicestershire, Inglaterra, num lar anglicano, e morreu em 24 de agosto de 1957 em Somerset.  Foi educado no Eton College e posteriormente na Oxford University. Se ordenou sacerdote da Igreja de Inglaterra em 1912 e logo foi converso ao catolicismo em 1917.  Ronald Knox, tal qual Dorothy L. Sayers e G.K. Chesterton, é muito conhecido por seus romances policias.

 

Junto a Belloc e Baring, conseguiu converter Chesterton ao catolicismo.

 

 

 

 

Maurice Baring:

maurice-baring-catolicismo
Maurice Baring

Maurice Baring nasceu em 27 de abril de 1874 em Londres e morreu na mesma cidade em 14 de dezembro de 1945. Diplomata e escritor, estudou no Eton College e foi formado na Cambridge University. Amigo de Chesterton e Belloc, Baring junto a Knox, motivou Chesterton a converter-se ao catolicismo.

 

 

 

 

Christopher Dawson:

Chistopher-Dawson-catolicismo-ocidente-cultura
Christopher Dawson

Christopher Dawson nasceu em 1889, em Hay Castle, País de Gales; e morreu em 1970, em Budleigh Salterton Yorkshire, na Inglaterra. Ele foi um fantástico historiador britânico que logo de sua conversão para o catolicismo em 1914, dedicou-se a pesquisar e escrever sobre o papel da Igreja Católica na construção da civilização ocidental.

 

 

 

 

 

 

 

Se você quer conhecer outras grande conversões ao catolicismo, leia o livro de Joseph Pearce, Convertidos Literários, traduzido e publicado no Brasil pela Editora Danúbio em 2017.

Leave a Comment

Seu e-mail não será publicado.

Assine nossa newsletter!