The Blog

O que foi Os Inklings?

- 0 Comment. in Blog

Na literatura do séculos XIX-XX foram muito comuns os cenáculos literários; um dos mais famosos foi “el club de la serpiente”, onde aconteceu grande parte da historia de “Rayuela” de Julio Cortazar. Existiram, porém, muitos outros na vida real. Os cenáculos são grupos de amigos, tertúlias com uma finalidade, geralmente uma causa, ou o estudo da sociedade, ou algum outro elemento em comum que una a todos os membros.

Um exemplo perfeito de um cenáculo na vida real foi o infame “Circulo de Bloomsbury”, que foi um grupo de intelectuais da esquerda fabiana que tinha como propósito destruir a sociedade inglesa desde dentro.

Contudo, há exemplos de cenáculos literários intelectualmente honestos, cujo fim era mais elevado e trascendental, que tinham por fim fazer um trabalho totalmente contrário ao de outros cenáculos de inspiração mas obscura e progressista. Um exemplo perfeito de uma confraria de intelectuais corajosos e cujo propósito era defender valores cristãos e a boa literatura, era Os Inklings.

os-inklings-autores-tolkien-lewis

O grupo era formado por romancistas e escritores como C. S. Lewis, Warren Lewis (irmão maior do C. S. Lewis), J. R. R. Tolkien, seu filho Christopher Tolkien, Owen Barfield, J. A. W. Bennett, Lord David Cecil, Nevill Coghill, Hugo Dyson, Adam Fox, Roger Lancelyn Green, Robert Havard  e Charles Williams. Autores muito ligados aos Inklings foram G.K. Chesterton, grande amigo de C.S. Lewis, e Dorothy L. Sayers, grande amiga de J.R.R. Tolkien.

Pub-Lamb-and-Flag-inklings

As tertúlias dos Inklings aconteceram entre 1930 e 1949. Os locais das reuniões lugares muito ligados à vida universitária de Oxford. Podemos citar entre os mais representativos o Pub “Eagle and Child”, onde se encontravam todas as terças-feiras ao meio-dia, além do pub “Lamb & Flag”.

Outro ponto de encontro os inklings, era as dependências de Lewis, no Magdalene College, de Oxford, todas as quintas-feiras à noite.

Muitos dos autores  que formaram o cenáculo dos Inklings – J.R.R. Tolkien, C.S. Lewis, entre outros- foram analisados por Joseph Pearce no livro Convertidos Literários, traduzido e publicado pela Editora Danúbio em 2017.

Leave a Comment

Seu e-mail não será publicado.

Assine nossa newsletter!