Homens, Engenharias e Rumos Sociais

R$47,79 R$59,90

O livro Homens, Engenharias e Rumos Sociais é uma obra ainda desconhecida no meio acadêmico e popular, talvez ofuscada pela repercussão de outras grandiosas invenções literárias do autor, como Casa-Grande & Senzala, publicada em 1933. O autor Gilberto Freyre, escritor brasileiro que dispensa apresentações, ainda é pouco conhecido no Brasil na formação do estudante universitário. A obra é um apanhado conclusivo do autor sobre o que é a engenharia e como ela pode ser aplicada para o entendimento da questão de ocupação e habitação nas regiões de florestas brasileiras, em especial a Amazônia. Representa as bases teóricas e humanísticas da engenharia em sua forma social e humana, além da física. A primeira edição de Homens, Engenharias e Rumos Sociais foi publicada no ano da sua morte, 1987, e concentra em suas duzentas páginas a síntese do Mestre de Apipucos, que se despediu da vida concluindo o que é afinal engenharia. Em um percurso literário monumental e variado, na reta final de sua produção intelectual, o escritor-poeta-pintor-sociólogo-político deu atenção especial à tríplice engenharia: a física, a social e a humana.

Apenas 1 em estoque

Quantidade
Comparar
Vendido Por Editora Danúbio
Categorias ,

Descrição do produto

O livro Homens, Engenharias e Rumos Sociais é uma obra ainda desconhecida no meio acadêmico e popular, talvez ofuscada pela repercussão de outras grandiosas invenções literárias do autor, como Casa-Grande & Senzala, publicada em 1933. O autor Gilberto Freyre, escritor brasileiro que dispensa apresentações, ainda é pouco conhecido no Brasil na formação do estudante universitário. A obra é um apanhado conclusivo do autor sobre o que é a engenharia e como ela pode ser aplicada para o entendimento da questão de ocupação e habitação nas regiões de florestas brasileiras, em especial a Amazônia. Representa as bases teóricas e humanísticas da engenharia em sua forma social e humana, além da física. A primeira edição de Homens, Engenharias e Rumos Sociais foi publicada no ano da sua morte, 1987, e concentra em suas duzentas páginas a síntese do Mestre de Apipucos, que se despediu da vida concluindo o que é afinal engenharia. Em um percurso literário monumental e variado, na reta final de sua produção intelectual, o escritor-poeta-pintor-sociólogo-político deu atenção especial à tríplice engenharia: a física, a social e a humana.

Baseado em 0 revisões

0 overall
0
0
0
0
0

Only logged in customers who have purchased this product may leave a review.